Plano de Regionalização do Turismo do Estado de São Paulo

CLIENTE
Banco Interamericano de Desenvolvimento
PERÍODO DE EXECUÇÃO
2021 - 2022

Contextualização

 

Entendendo o turismo como uma ferramenta estratégica para o desenvolvimento econômico e social sustentável de territórios, a Secretaria de Estado de Turismo de São Paulo (SETUR/SP) tem atuado na atualização e direcionamento estratégico do desenvolvimento da atividade no estado. Dentre as ações que se destacam, está o Plano Estratégico do Desenvolvimento do Turismo no Estado de São Paulo (PE2030) e o documento de Estratégias Setoriais para a Aceleração da Retomada do Turismo no Estado de São Paulo, financiado por meio de cooperação técnica entre o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) e a SETUR/SP.

Um dos desafios apontado nos documentos é o aprimoramento do Programa de Regionalização do Turismo do Estado, composto atualmente por 49 regiões e 354 municípios. Vale destacar que a estratégia de regionalização do turismo, apesar de já existente em alguns estados brasileiros, foi estabelecida oficialmente pelo Ministério do Turismo (MTur) em 2004 como um avanço do Programa de Municipalização do Turismo (PNMT), visando ampliar o alcance e abrangência das ações para um contexto regional. Na prática, o MTur estimula que os municípios se organizem em regiões turísticas de modo a fortalecer a gestão e promover a diversificação e maior competitividade turística.

Os estudos realizados em São Paulo apontam que o programa de Regionalização do Estado carece de avanço tanto no entendimento dos territórios – no que se refere à identificação de vocações, papéis e nível de maturidade para o turismo – quanto na identificação de estratégias e investimentos necessários ao desenvolvimento turístico das regiões. Ademais, as conexões deste com o Programa de Regionalização do Ministério do Turismo e com o sistema de estâncias e municípios de interesse turístico associadas ao Dadetur na esfera estadual também são pontos que merecem aperfeiçoamento.

Nesse contexto, por meio da cooperação técnica estabelecida entre o BID e a SETUR/SP, a Turismo 360 foi contratada para apoiar a construção do Plano de Regionalização do Turismo do Estado de São Paulo.

Ações realizadas

  • Elaboração de inventário simplificado da oferta turística, com base em dados secundários e metodologias participativas, focando em informações essenciais para o entendimento da hierarquização e priorização de elementos no espaço, que possam caracterizar vocações e compreender necessidades de melhorias;
  • Levantamento simplificado sobre os produtos operados e comercializados por agências e canais de distribuição nas distintas regiões do estado;
  • Análise e classificação da oferta, com o apoio de sistemas de informações geográficas e elaboração de cartografia temática;
  • Levantamento e análise de informações complementares que pautarão a classificação dos territórios, tais como: infraestrutura de acesso e básica, estruturas de governança locais, oferta turística de apoio, etc;
  • Classificação dos territórios e áreas de acordo com a função/status do destino; nível de desenvolvimento; grau de necessidade de estruturação de oferta/estratégia de posicionamento de mercado;
  • Identificação e análise sucinta dos 5 principais destinos concorrentes (nacionais e internacionais), em relação aos principais produtos identificados no levantamento sobre os produtos operados e comercializados atualmente;
  • Definição do plano de regionalização;
  • Elaboração de bases para legislação que permitirá a implantação da nova regionalização, incluindo sistemática de atualização e procedimentos para sua adoção;
  • Transferência de conhecimentos para a SETUR/SP.

 

Assista abaixo o evento de Lançamento do Projeto:

 

 

 

Galeria de imagens

CLIENTE
Banco Interamericano de Desenvolvimento
PERÍODO DE EXECUÇÃO
2021 - 2022

Localização

Veja como podemos ajudar a estruturar o turismo ou tornar seu destino mais competitivo

ENTRE EM CONTATO