Planos de Turismo

Os Planos de Turismo fazem parte da política pública de turismo do Brasil, sendo pré-requisito para que o município participe do "Mapa Turismo Brasileiro". É uma importante ferramenta para municípios que pretendem se estruturar como destino turístico ou para destinos mais consolidados que precisam organizar a atividade turística no seu território.

É um documento que apresenta as diretrizes e um conjunto integrado de ações para o desenvolvimento do turismo em determinado território. Pode ter diferentes esferas de atuação: países, estados, regiões e cidades, ou até planos setoriais (como um plano de desenvolvimento do turismo de natureza, da pesca, etc). Nossa metodologia privilegia a construção participativa dos planos, integrando a visão dos diferentes atores ligados ao turismo rumo ao desenvolvimento e melhoria dos produtos e serviços turísticos.

 

Os planos podem ter diferentes formatos, porém sua construção deve, minimamente, considerar as seguintes etapas:

Diagnóstico do destino:

    • Análise da oferta turística - A primeira etapa da nossa metodologia é conhecer o território sob o ponto de vista turístico, ou seja, realizar um levantamento de seus atrativos, equipamentos e infraestrutura (e a situação destes);
    • Análise da demanda turística atual - Realizamos um levantamento, seja através da aplicação de pesquisa de demanda ou análise e de dados secundários (como registros de hóspedes por exemplo) para compreender a demanda real de um destino turístico;
    • Estudo da demanda potencial - analisar o perfil do turista desejado, para se estabelecer estratégias mais assertivas de desenvolvimento e promoção. Existem metodologias específicas para esses estudos que podem ser adaptadas à realidade do destino.

Prognóstico:

    • Construção de estratégias para o desenvolvimento turístico - Pautada na construção técnico-participativa, essa etapa envolve os atores chaves do turismo local na construção de estratégias para o desenvolvimento do destino;
    • Detalhamento dos projetos e ações - assim como na etapa anterior, acredita-se que é importante dar voz para os diversos atores envolvidos com o turismo nessa etapa, para que eles possam sugerir ações e contribuir com o detalhamentos dos projetos. O detalhamento deve envolver a descrição da ação/projeto, grau de prioridade, o prazo de execução e responsáveis, assim como possíveis parcerias para sua viabilização;
    • Desenho dos indicadores - estabelecer a linha de base com os números do turismo no destino é uma etapa essencial na elaboração de um plano de turismo. Nessa etapa são construídas as métricas que auxiliarão o monitoramento e avaliação do plano;

Elaboração do documento final do Plano:

É um documento complexo com uma série de estudos e análises. Por isso, recomenda-se que seja elaborada também uma versão resumida em linguagem mais simples e acessível, para facilitar a utilização do plano no dia a dia da gestão do turismo.

Veja como podemos ajudar a estruturar o turismo ou tornar seu destino mais competitivo

ENTRE EM CONTATO